ALIENAÇÃO PARENTAL

     Era uma vez, uma bela donzela que vivia a esperar por seu príncipe encantado. Ele chegou e a levou com ele para o seu castelo, onde eles viveram felizes para sempre! 
 
     ÔPA, ÔPA, ÔPA... embora o nosso belo casal muito quisesse, com o passar do tempo, com o passar dos encantos, a coisa desandou. O que antes os unia acabou separando-os ainda mais. Muitas coisas foram ditas, marcas deixadas. Chegou o momento da separação. 
 
     Ok, ok... isso faz parte da vida. Nem sempre dá certo. Às vezes, o melhor é soltar o osso mesmo e tocar o barco... ah, se fosse tão simples assim! Infelizmente, a grande maioria dos relacionamentos termina em uma raiva absurda. Muita dor, uma dor que parece insuperável. É um momento de destruir-se para a reconstrução. E o processo é imensamente doloroso.
 
     Então, quando nossas personagens pensaram que não poderia ficar pior, eis que se lembram, vagamente, que já não são mais apenas um casal. Agora, são uma família. Pois é, se eles soubessem que seria assim... separam-se os corpos, separam-se as escovas de dente, mas os filhos ficam. Eles serão o laço eterno. Não há mais como fingir que nada foi. Um filho será a constante lembrança do que poderia ter sido e irá requerer contato permanente com a última pessoa da face da terra que se queria ver. Aquela criaturinha, mesmo sem querer, será capaz de despertar o melhor e o pior em seus pais. E é aí que eu quero chegar...
 
     Mergulhados em tamanha dor, a grande maioria dos ex-casais acaba usando seus filhos como armas. Como já não conseguem se atingir pessoalmente, usam a única coisa que restou da sua união como uma forma de ferir-se mutuamente. Infelizmente, nessa guerra, todos sairão feridos.  E o mais grave de tudo é que levarão consigo muito do brilho do futuro de suas crianças. Uma separação não é pra qualquer um. Mas, com certeza, jamais deveria ser tarefa de criança!
DIGA NÃO À ALIENAÇÃO PARENTAL! VOCÊ PODE MAIS DO QUE ISSO! SEUS FILHOS CONTAM COM VOCÊ!
 
 
 
 

 

 

 

Gicély Otobelli

Psicóloga - CRP 07/19152

  • ICONE-FACEBOOK.png

VISITE A FANPAGE                   facebook.com/GicelyOtobelliPsicologa

(54) 8100 - 9339

© 2014 - Gicély Otobelli. Todos os direitos reservados.